Governo federal canadense apresenta legislação para criminalizar a terapia de conversão sexual

0
356
LGBTQ+
LGBTQ+ (Foto: Patricia Richter/Temqter.org)

No dia 9 de março de 2020, foi publicado um comunicado de imprensa no site oficial do governo do Canadá, sobre a nova lei de criminalização das terapias de conversão sexual. O documento fala sobre os direitos dos LGBTQIA+ e sobre as consequências para aqueles que são submetidos à práticas violentas e desumanas, que objetivam converter homossexuais à heterossexuais, à “normalidade.

“Diversidade e inclusão estão entre os maiores pontos fortes do Canadá. Os canadenses devem se sentir seguros em suas identidades e livres para serem eles mesmos. É por isso que o governo do Canadá está cumprindo seu compromisso de criminalizar a terapia de conversão no Canadá.”

 Segundo o site, a nova legislação criminalizará:

  • sujeitar um menor a terapia de conversão
  • remover um menor do Canadá para terapia de conversão no exterior
  • sujeitar alguém a terapia de conversão contra sua vontade
  • lucrar com a terapia de conversão
  • anunciar uma oferta de terapia de conversão

E permite que os tribunais ordenem a apreensão de anúncios sobre a terapia ou remoção da internet. O ministro da Diversidade e Inclusão e Juventude, Bardish Chagger, declarou que: “Todos temos um papel a desempenhar para garantir que as pessoas LGBTQ2 se sintam seguras e possam participar plenamente da sociedade canadense. A lei progressista que estamos propondo hoje ajudará a garantir que todos, em todo o Canadá, possam ser quem realmente são e viver uma vida plena, saudável e segura”.

Já David Lametti, Ministro da Justiça e Procurador Geral do Canadá, disse: “A terapia de conversão é uma prática cruel que pode levar a trauma permanente, especialmente entre os jovens. A abordagem que defendemos hoje, criminalizando uma prática que prejudica e prejudica as pessoas lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros, gays e espíritos canadenses, demonstra o forte compromisso de nosso governo com a proteção da direitos de dignidade e igualdade dessas pessoas. Se aprovado, esse projeto tornaria as leis de terapia de conversão mais progressivas e abrangentes do Canadá no mundo”. O Brasil foi o 1° país a criminalizar tal prática, seguido de Equador e Malta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui